ESTÁDIO BEIRA-RIO

Projeto Arquitetônico: Arq. Fernando Balvedi, Arq. Gabriel Garcia, Arq. Mauricio Santos

Em novembro de 2006 a Hype Studio Arquitetura foi convidada pela comissão de obras do Sport Club Internacional para criar e apresentar um projeto de cobertura para o Estádio Beira-Rio – um sonho antigo da diretoria do clube. Durante 5 meses de trabalho, os arquitetos da Hype Studio concluíram que apenas cobrir o Beira-Rio seria pouco, visto que o Estádio tinha quase 40 anos de existência e estava bastante defasado em relação a estádios modernos – em infraestrutura, conforto e segurança. Essa mesma constatação aconteceu com relação ao entorno do Complexo Beira-Rio, considerado pela Hype Studio um grande vazio urbano situado numa área privilegiada de Porto Alegre: entre o Centro Histórico e a Zona Sul, entre o Morro Santa Teresa e o Lago Guaíba.

Assim, no dia 2 de abril de 2007, data marcada para apresentar para a presidência do clube o projeto da cobertura, a Hype Studio apresentou ao Inter, além da cobertura que hoje está sendo construída, um Projeto Geral de Modernização do Estádio Beira-Rio, que previa a demolição da arquibancada inferior e sua reconstrução (maior e mais próxima do campo), lojas e espaços comerciais no corpo do estádio, um novo museu, restaurantes, um anel inteiro de suítes entre a inferior e a superior, áreas vip e lounges novos, entre outros itens que deixariam o Beira-Rio completamente novo para o século XXI – renovado, moderno, confortável e seguro. Também foi apresentado um Masterplan urbano para a região, prevendo edifício garagem, hotel, edifícios comerciais, centro de convenções e a transformação do Ginásio Gigantinho em uma arena multiuso para shows. O projeto foi tão bem recebido que, no mês seguinte, foi apresentado para o Ministro dos Esportes, durante cerimônia no Centro de Eventos do Complexo Beira-Rio.

Em agosto de 2007, a Hype Studio apresentou esse projeto para a Fifa, credenciando o Beira-Rio para ser o estádio de Porto Alegre para receber jogos da Copa do Mundo de 2014. Após a confirmação por parte da CBF de que o projeto de reforma do estádio colorado atendia as necessidades da Fifa, os arquitetos Fernando Balvedi, Gabriel Garcia e Mauricio Santos, autores do projeto, passaram os meses de setembro e outubro realizando visitas técnicas a estádios europeus, com especial atenção aos estádios alemães que serviram de palco para a Copa do Mundo de 2006, realizada um ano antes na Alemanha. Em novembro, o projeto do estádio todo foi refinado e ajustado, casando os requerimentos do caderno de encargos da Fifa com as necessidades específicas do Internacinal. Finalmente, no dia 17 de dezembro de 2007, o projeto foi protocolado na Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Ao longo do primeiro semestre de 2008, o projeto continuou sendo desenvolvido pela Hype Studio Arquitetura. No segundo semestre daquele ano, a Santini e Rocha e a Simon Engenharia foram contratadas pelo Internacional para continuar o desenvolvimento dos projetos executivos junto com a Hype Studio. Ao longo do ano de 2009, já com a confirmação de Porto Alegre como uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014, o plano de como o estádio funcionaria no mês do evento começou a ser desenvolvido sob supervisão do Comitê Organizador Local e da Fifa. Em julho de 2010, o Internacional deu início às obras aportando recursos próprios. No início de 2011, o clube decidiu não mais autofinanciar as obras, buscando a parceria de uma grande construtora para continuar a reforma do Beira-Rio. A Construtora Andrade Gutierrez SA apresentou-se como parceira e, após o período de negociação do contrato, assumiu a continuação da obra no começo de 2012. A previsão de término dos trabalhos é dezembro de 2013.

 

Architectural Project: Architect Fernando Balvedi, Architect Gabriel Garcia, Architect Mauricio Santos

In November of 2006 Hype Studio Architecture was invited by Sport Club Internacional Works Commision to create and present a roofing project for Beira-Rio stadium – an old dream of the club’s Directive Board. After working for 5 months on the project, Hype Studio architects concluded that only covering Beira-Rio would not be enough, considering the stadium was almost 40 years old and was quite lagged comparing with modern stadiums – infrastructure, comfort and security-wise. The same conclusion took place regarding the surroundings of Beira-Rio Complex, considered by Hype Studio as a big urban void situated at a privileged area in Porto Alegre: between the Historical City Centre and the South Zone, between Santa Teresa Hills and Guaíba Lake.

On the 2nd of april of 2007, date scheduled to present to the Club’s Board the roofing project, Hype Studio presented Inter not only the roof that is being built today, but also a General Stadium Modernization Project, that intended the demolition and rebuilding of the lower stands (bigger and closer to the field), stores and commercial centres on the inside of the stadium, a new museum, restaurants, an entire ring of suites between the inferior and the superior stands, VIP areas and new lounge areas, among other items that would make Beira-Rio completely new for the 21st century – renewed, modern, comfortable and safe. It was also presented an urban Master Plan to the region, projecting a garage building, hotel, commercial buildings, convention centre and the transformation of Gigantinho Gymnasium in a multipurpose concert arena. The project was so well received that, on the next month, it was presented to the Sports Minister during a ceremony at the Beira-Rio Events Centre.

In august 2007, Hype Studio presented the project to Fifa, accrediting Beira-Rio to be the stadium in Porto Alegre to host the 2014 World Cup. After the confirmation by CBF that the renewal project met Fifa’s requirements, the architects Fernando Balvedi, Gabriel Garcia and Mauricio Santos, project authors, spent the months of September and October making technical visits to European stadiums, with special attention to the German stadiums that hosted 2006 World Cup, that took place the year before in Germany. In November the stadium project was fully adjusted and refined, meeting the requirements of Fifa’s specifications with specific S. C. Internacional needs. Finally, on the 17th of December of 2007, the project was filed for building permit in Porto Alegre’s City Hall.

During the first semester of 2008, the project continued being developed by Hype Studio Architecture. On that year’s second semester, Santini e Rocha and Simon Engineering were hired by S. C. Internacional to continue with the executive project’s development together with Hype Studio. Along the year of 2009, already with the confirmation of Porto Alegre as one of the host cities of the 2014 World Cup, the plan of how the stadium would work on the month of the event began to be developed under Fifa’s Organizer Local Committee supervision. In july of 2010, S. C. Internacional started the work with its own resources. In early 2011 the club decided no longer self-finance the works, searching for a big contractor company’s partnership to continue the works at Beira-Rio. The contractor Andrade Gutierrez SA presented as a partner and, after a contract negotiation period, took over the resuming of the works in the beginning of 2012. The projected conclusion of the works is December 2013.  

 

FICHA TÉCNICA DO PROJETO | PROJECT’S TECHNICAL SPECIFICATIONS

Projeto Arquitetônico | Architectural Project: Hype Studio Arquitetura (autoria) – Arq. Fernando Balvedi, Arq. Gabriel Garcia, Arq. Maurício Santos (autores)
Projeto Executivo | Executive Project: Santini e Rocha Arquitetos – Arq. Cícero Santini, Arq. Luis Felipe Duarte
Projeto Estrutural (Aço, Concreto e Fundações) | Structural Project (Steel, Concrete and Foudations): Simon Engenharia – Eng. Charles Simon, Eng. Luiz Eduardo Pillar
Projeto Elétrico | Electrical Project: FB Assessoria e Projetos – Eng. Renato Porto
Projeto Hidrossanitário | Hidrosanitary Project: FB Assessoria e Projetos – Eng. Fernanda Borsatto
Projeto de Climatização | Climatization Project: Sistema Engenharia – Eng. Sergio Gobatto e Eng. Joao Henrique Kirsten
Projeto de Automação e Sistemas Especiais | Automation and Special Systems Project: Jugend Controle Predial – Eng. Eduardo Wojciechowski
Projeto de Prevenção Contra Incêndio | Fire Prevention Project: Combat – Eng. Luciano Ramos Fávero e Roger Fernandes e Silva
Projeto Luminotécnico | Technical Lighting Project: Peter Gasper Lighting Design – Peter Gasper e Arq. Paulo Koch

Certificação LEED | LEED Certification: CTE Consultoria – Arq. Myriam Tschiptschin
Relatório de Impacto Ambiental | Environmental Impact Report: MRS Ambiental – Adriana Trojan
Campo de Jogo (Consultoria) | Field Game (Consultant): Eng. Maristela Kuhn
Estudo de Impacto de Tráfego | Traffic Impact Study: Matricial Engenharia – Eng. André Bresolin
Estudo de Fluxo de Multidões | Crowd Flow Study: Logit Consultoria
Ensaio em Túnel de Vento | Wind Tunnel Trial: LAC-UFRGS (Laboratório de Aerodinâmica das Construções)
Membrana Tensionada PTFE (Consultoria Técnica) | Tensioned Membrane PTFE (Techinical Consultant): Birdair Inc.
Membrana Tensionada PTFE (Projeto Executivo) | Tensioned Membrane PTFE (Executive Project): Hightex

Construção | Construction: Construtora Andrade Gutierrez SA